que não nos falte amor
nunca
nunca.

In #projetomaninblack Johnny Cash Música

PROJETO MAN IN BLACK // SEMANA NO. 3

Hey, amigos!
Chegamos a 3ª semana do #projetomaninblack. Antes de contar um pouco sobre o ano de 1957, quero falar das mudanças que vão ocorrer a partir de agora. O que acontece é que não irei mais gravar vídeos pra sobre o projeto, tudo será comentado por aqui mesmo. O que acontece é que o Youtube está bloqueando o vídeo por conta de direitos autorais. Por menos tempo que eu coloque a música ela logo é barrada e o vídeo fica indisponível. Os videos que estão no ar, contém esse aviso, embora tenha ficado no ar, e o que gravei com essa semana foi bloqueado antes mesmo de eu torná-lo público, o que é super chato. Por que depois de todo o trabalho pronto vê-lo indisponível, é duro! Então, é isso. Apenas Aqui no blog é que vou fazer resenhas sobre os CDs, combinado?


Teve um fato super importante que terminei não mencionando no vídeo anterior, que foi sobre o encontro do Quarteto de Um Milhão de Doláres! No final de 1956, uma reunião um tanto despretensiosa, ocorrida no estúdio da Sun Record, se tornaria uma dos maiores marcos da música mundial. Em 4 de dezembro de daquele ano, Johnny Cash, Elvis Presley, Carl Perkins e Jerry Lee Lewis se juntaram numa jam session que ficou conhecida como Million Dollar Quartet na qual as canções executadas foram, em sua maioria, gospel e rockabilly. Embora, haja algumas controvérsias quanto a participação de Johnny, ele fez questão de reforçar em sua autobiografia que ele cantou, sim, durante as gravações. 

"...ao contrário do que algumas pessoas escreveram, a minha voz está na fita. Não é óbvio, porque eu estava longe do microfone e cantava muito mais alto do que o normal para ficar em harmonia com Elvis, mas posso garantir, estou lá. Eu me esqueço de quando exatamente o Jerry Lee entrou, mas lembro de quando o Elvis o convidou para assumir o piano e ele começou a tocar 'Vacation in Heaven'. Foi a primeira vez que que ouvi o Jerry Lee, e ele me derrubou. Era tão bom que quando percebi o Elvis e a namorada não estavam mais lá. A coisa que me lembro depois disso, além de ter ido ao restaurante ao lado para tomar café e comer cheeseburguers, é de ver a famosa foto do Quarteto de Um Milhão de Dólares no jornal Memphis e me perguntar o que será que aconteceu com a namorada de Elvis. Ela estava sentada em cima do piano quando tiraram a foto." 
-  CASH, a autobiografia de Johnny Cash com Patrick Carr. Págs. 99 e 100. 

FOTO EDITADA

FOTO ORIGINAL

Mas, voltando ao ano de 57... A carreira de Johnny Cash está a todo vapor. Na sequência, ele grava três EPs e o seu primeiro LP: "Don't Make Me Go/Next In Line"; "Home Of The Blues/Give My Love To Rose"; "Ballad Of A Teenage Queen/Big River" e "Johnny Cash With His Hot and Blue Guitar". Assim, este último é então considerado o álbum de estreia de Cash. Nele, foram resgatados os quatros maiores hits dos dois anos anteriores: "I Walk the Line", "Cry! Cry! Cry!", "So Doggone Lonesome" e "Folsom Prison Blues" que foram acoplados à músicas autorais e inéditas, mais alguns covers. Estava pronto um disco com muito country e rockabilly em suas 12 faixas estonteantes. I Walk the Line se torna a número 1 das paradas country e entra para o top 20 das melhores canções. 

Porém, apesar do sucesso estrondoso, sua relação com a Sun Records não está na melhor forma, pois mesmo sendo o primeiro a lançar um long play pela gravadora e ser o cantor que mais vendia, Cash estava recebendo apenas 3% em oposição à taxa normal que era de 5%. Além disso, Sam Phillips ainda negava a gravação de um álbum só com canções gospel e mesmo com a saída de Presley estava concentrando a maior parte de sua atenção e promoção apenas a Lewis. Johnny Cash estava puto da cara com essa situação e não ia aguentar essa desfeita. No ano seguinte isso faria com que ele tomasse uma atitude drástica, mas isso é assunto para a semana no. 4 do desafio. 😁😉

Tracklist de Johnny Cash with His Hot and Blue Guitar

01. "Rock Island Line" (Lead Belly) – 2:11
02. "(I Heard That) Lonesome Whistle" (Jimmie Davis, Hank Williams) – 2:25
03. "Country Boy" – 1:49
04. "If the Good Lord's Willing" (Jerry Reed) – 1:44
05. "Cry! Cry! Cry!" – 2:29
06. "Remember Me (I'm the One Who Loves You)" (Stuart Hamblen) – 2:01
07. "So Doggone Lonesome" – 2:39
08."I Was There When It Happened" (Jimmie Davis, Fern Jones) – 2:17
09. "I Walk the Line" – 2:46
10. "Wreck of the Old 97" (Trad. (prob. Charles Noell); arr. Cash) – 1:48
11. "Folsom Prison Blues" – 2:51
12. "Doin' My Time" (Jimmie Skinner) – 2:40


Ouça aqui o álbum completo: Youtube [sim, é full album e não foi bloqueado, vá entender)

Esse disco é sensacional! Ah, não deixem de escutar as músicas dos EPs, tem no Spotify (acho que no Youtube tbm tem)! Se tiver uma conta no Spotify, me segue por lá: Neila Bahia.

Um beijo e até a próxima semana. 💜

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilha comigo o que você achou desse post. É muito bom ter você por aqui! ❤