que não nos falte amor
nunca
nunca.

In Dezembros

cactos e suculentas: meu mini guia para cuidar desses amorzinhos

Hey amigos! 
Quero dizer que nunca, nunca mesmo, me imaginei cuidando de plantas. Cultivar nunca fez parte dos meus planos. E eis que um belo dia (estava bem bonito mesmo) me peguei tirando umas mudas aleatórias de plantas que ficavam na parte de trás do prédio onde moro. Eu que nunca sequer molhei uma plantinha da minha mãe (ela sempre cultivou), estava lá, estudando qual seria a parte correta para tirar a tal muda. Pra quem não sabe, "muda" consiste em retirar uma partezinha da planta com o propósito de replantá-la em outra terra. Isso precisa ser feito da maneira correta; caso não, a planta não cria raiz e acaba morrendo. Te adianto que usei a intuição para retirar a parte, pois não tinha a menor ideia de técnicas, mas nesse post é possível aprender como se faz certinho. 

- Aloe Zanzibarica Squarrosa - 
Assim, fui numa lojinha de plantas, bem perto de casa e comprei um vasinho. Não precisava comprar terra porque nessa parte que citei do meu bairro tem bastante árvores frutíferas, plantas, então a terra é bem fértil, pois as folhas e galhos que caem acabam preservando a umidade e os nutrientes. Se você não sabe identificar uma boa terra, observe a coloração dela. Quanto mais escura, úmida e com material orgânico, melhor. 

A muda que retirei foi de um cacto e de uma suculenta que são planta bem tranquilas, pois os cuidados são muito simples. E esse fato se deve por serem bastante adaptáveis aos ambientes internos e necessitarem de pouca rega. Assim, se você esquecer um dia ou outro não terá grandes problemas. Mas, te garanto, assim que você começar a vê-las crescer fortes e saudáveis, dificilmente não irá lembrar dessa existência fantástica. 



Então, se você ainda não cultiva cactos ou suculentas, essas são as razões para você começar! Fui trilhando pela ordem inversa, nenhuma plantinha morreu até hoje (estou muito orgulhosa), assim aprendi com os acertos.

Terra 
Isso é muito importante. Sempre escolha uma terra viva. Como citei é preciso escolher bem o alimento das suas suculentas e cactos. Ou de qualquer outra plantinha. Imagine seu corpo, os nutrientes que precisamos... Com os vegetais acontece exatamente o mesmo. O substrato ideal para cactos e suculentas é a uma mistura de terra adubada, areia de construção (areia de rio) e pedrinhas (vale utilizar pedrinhas próprias, cacos de telhas ou tijolos). A terra tem que ser bem levinha, solta, sem barreiras que impeçam a drenagem da água. Ah! Nunca utilize a areia da praia, pois apesar de parecer convidativa, ela possui altas doses de sal.

Água 
O que é vital também pode matar. Essas plantas precisam de pouca água para viver e é neste ponto que muitos erram. Percebam como elas são "fofinhas", isso significa que armazenam muita água, então sua terra não deve estar encharcada. Se isso acontecer, certamente a raiz dela irá apodrecer, criar fungos e morrer! Então, mais uma vez, observe o clima da sua cidade, o aspecto da terra, e molhe apenas quando sentir que ela está seca. As minhas molho 1 vez por dia, com pouca água. 

Fogo 
A maioria dessas espécies necessita de Sol pleno para viver, mas também há as exceções que se dão bem na luz indireta, tendo apenas algumas horas de exposição ao Sol. O segredo é mesmo saber o tipo e buscar suas características. Caso não consiga descobrir logo, observe. Dedique um tempinho para estudar sua planta, como ela se comporta com o passar dos dias. Não pode negligenciar, só acompanhando o desenvolvimento você poderá oferecer o ambiente legal para ela. Um dica é mantê-las próximas às janelas. Minha casa, por exemplo, é nascente, então na janela do meu quarto bate Sol até meio dia, mais ou menos, e depois é só sombra. Para os meus vasinhos é o ideal. Repare na primeira foto, quão viçosa está!

Ar
Isso é sobre ventilação. Algumas pessoas mantem plantas no banheiro, que nem sempre são lugares arejados. É importante deixar que ela receba ar fresco pelo menos em algum momento do dia. Vento é vida, é ciclo. 


Dicas extras: se a planta estiver num cachepô, você deve retirá-lo antes de regar. É preciso estar certificado de que a água escoou totalmente do vasinho. Se as raízes ficarem em contato com ela, irão apodrecer. Outra coisa, os vasos devem possuir furos de drenagem. Eles, normalmente, vem fechados; abra-os com o utensílio cortante antes de colocar a terra. Se você comprou sua suculenta ou cacto, observe se ele não está numa espécie de material esponjoso, você deve trocá-lo. Já comprei algumas flores assim e por não saber, elas acabaram morrendo. A terra tem um tempo de vida, é necessário trocá-la depois dela já ter fornecido todos os nutrientes possíveis. Por fim, presentei quem você gosta com plantas! As pessoas não imaginam, mas plantinhas são presentes incríveis! Mesmo as pessoas mais "urbanas"vão gostar bastante. Os cactos e suculentas, por exemplo, simbolizam força e resistência, vê-los crescer é recompensador. 

Um beijo e bom cultivo!

Related Articles

1 comentários:

Compartilha comigo o que você achou desse post. É muito bom ter você por aqui! ❤