que não nos falte amor
nunca
nunca.

In Dezembros

sobre velas e significados


Hey, amigos!
Nada nessa vida é por acaso, nada mesmo. Desde que foi descoberto, o fogo causa sentimentos diversos nos humanos. Na visão mística, ele é utilizado como portal para outras dimensões e quanto maior a chama, maior a capacidade de levar ou trazer energias entre mundos. Não é à toa que antigas ilustrações de bruxas ou rituais indígenas envolvem fogueiras. Velas são como uma fogueira simbólica, mas com particulares muito semelhantes.


E mesmo que você não seja crente ou adepto de práticas místicas, provavelmente já utilizou o poder das velas em algum momento. Para se ter uma ideia, foi na Grécia antiga, em homenagem a Artêmis, deusa da caça, reverenciada no sexto dia de cada mês, que se iniciou o costume de bolos redondos com velas. Segundo a mitologia, essa divindade era representada pela Lua, a forma pela qual protegia a Terra. Vem daí o nosso simbolo maior de aniversários, que nada mais é do que um protótipo da Lua Cheia. O mesmo costume reapareceu, não se sabe como, entre os camponeses alemães do século XIII, que inventaram a kinderfeste (festa infantil). Essa comemoração começava ao raiar do dia, quando as velas eram acesas e a criança acordava com a chegada do bolo. Havia sempre uma vela a mais do que a idade da criança, significando a luz da vida. O aniversariante tinha de apagar todas as velinhas de uma só vez, fazendo um pedido, que só se realizaria se fosse mantido em segredo.

CADEIAS ENERGÉTICAS - Uma vela acesa na intenção de atrair algo, se conecta a uma bolsa de energia similar, que se liga ao espaço em que você a acendeu, preenchendo-o com esse poder. Essa é a finalidade; criar uma teia para te conectar ao seu objetivo. Espaço físico independe nesse sentido. As velas comuns são feitas de parafina e podem ser brancas ou coloridas. Há também outras matérias específicas utilizadas: cera de abelha, gordura, juntamente com outros elementos (aromas, flores, frutas, sementes...) para comprá-las encontramos desde supermercados, lojas de artigos esotéricos ou de matriz africanas.  As cores são aliadas para se alcançar os objetivos. No caso da vela branca, por reunir todos os espectros de cores é indicada para homenagens aos deuses ou aos mortos, mas pode ser usada para qualquer intenção. Na hora de acendê-la, imagine-a se tornando na cor que você acha mais indicada para seu objetivo se realizar.  Caso escolha velas já coloridas, lembre-se:


Preta: Apesar de ser uma cor estereotipada, não é uma vela ruim, sendo é indicada para exorcismos e afastamentos pesados de energias incômodas e selamento.

Rosa: Usada para encantamentos amplamente utilizada para encantamentos, na esfera do Amor Romântico, a coisas ligadas à família, por exemplo.

Roxa: Por seu poder de transmutação, serve para mudanças de energia de uma pessoa ou ambiente. Cuidados com a psique, viagens astrais e afastamento de fluídos negativos.

Azul-escuro: Conecta-se com energias curativas, paz espiritual, sabedoria e serenidade. Muito utilizadas para magias de paz.

Azul-claro:  Equilíbrio. É perfeita para reuniões, meditações conjuntas, traz muita serenidade, felicidade e paz para o ambiente.

Verde: Para cura do corpo, mente ou espírito, a vela verde sempre vem como primeira opção. Pode ser usada para aterrar a mente de uma pessoa distraída, dando foco, e também influencia na fertilidade de um casal, plantas e até ganhos financeiros.

Amarela: Auxilia em magias de prosperidade, sucesso, brilho pessoal e carisma. Também pode ser usada para que sua chame projete o poder do nosso astro em ambientes densos e escuros, iluminando-o com energia.

Laranja: Confiança, criatividade e poder da mente, também pode aumentar o magnetismo pessoal ou carisma.

Vermelha: Cor do fogo, carrega de ânimo, afasta preguiça, beneficia a sexualidade e em competições esportivas ou trabalhos que usem o corpo físico como agente.

Ao acender uma vela sem se desprender energia, você só acende uma vela. É comum ouvir que é bobeira, que não funciona. Se você não tem fé, não comece. É esse o elemento mágico que vai fazer toda a diferença. A partir do momento em que deposita fé e esperança nela, um centelha é acesa, enviando uma mensagem ao Universo. Para isso você precisa ter o objetivo cristalino, firme, o pensamento positivo. Não pense em conseguir, imagine que você já conseguiu. Imagine-se nele, imagine-se realizando, colhendo bons frutos. Depois, descanse suas emoções, concentre-se, para que as coisas se assentem. Assim, é só deixar a vela queimar e as cadeias energéticas começarão a se formar. 

IMPORTANTE: Se, por qualquer motivo, tiver de apagar a vela durante o processo, é importante que reacenda com o mesmo objetivo, o mais rápido possível. Não acenda-a para outra coisa! Mesmo que seja branca e que possa ter outra finalidade, haverá choque de energias que irão complicar seu desejo. As sobras deverão ser jogadas no lixo. Na natureza apenas o que é natural. Velas são produtos industrializados; mesmo que a base de produtos naturais são processadas e de difícil decomposição. Lembre-se da lei do retorno! Tudo que fizermos voltará para nós, 3x mais intenso. O bem virá como bem e o mal virá como mal, não há outra possibilidade. Interferir no arbítrio de outrem, tem consequências, mesmo que sua intenção seja a melhor. 

Assim como acontece comigo, há muito mais para você aprender. Isso é apenas um esboço, ha muito mais significados nos rituais. Esse post servirá apenas como norte pra ti, que deseja esclarecer ainda mais. 



Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilha comigo o que você achou desse post. É muito bom ter você por aqui! ❤