In Beleza Moda

manchas de acne: como melhorei minha pele em 1 mês

Hey, amigos!!

Acne: eu sofro, tu sofres, ele sofre. Só de ler a palavra a gente tem pavor. O que diria Bukowski desse demônio que nos atormenta, o qual o fez padecer e não foi pouco? No meu caso, ela não é tão severa como a do velho, mas deixa marcas que me incomodam profundamente. Principalmente porque não costumo usar maquiagem diariamente com bases carregadíssimas e tal. Na minha rotina, simplesmente não cabe, pois uso transporte público pra me locomover, faço uma longa caminhada até o trabalho e já chego numa correria louca. Por baixo, teria de retocar pelo menos umas 3 vezes no dia... Sem chance. Então, o melhor a fazer é cuidar da saúde da pele, pra usar só o rímel, batom e blush básicão sem neura. Assim, começou minha saga pra me livrar das machas que me incomodavam tanto e pra minha surpresa num tempo relativamente rápido!




1. Limpterm, da Laboísa: creme a base de Hidroquinona que tem um alto poder clareador mas, por ser um medicamento, deve ser prescrito por um médico. Para perceber o resultado, é preciso usar regularmente, seguindo à risca as orientações. Eu optei pela versão já pronta, de farmácia convencional, mas há também a possibilidade de manipulação de fórmula. Nesse caso, o dermatologista é, com certeza, a pessoa mais indicada para decidir contigo a melhor forma para o seu caso. Há muitas controvérsias com relação à eficácia e também aos efeitos colaterais da Hidroquinina. Até que ponto vale a pena? É arriscado, não é arriscado? No início, tive uma leve reação, com vermelhidão na área aplicada, mas que desapareceu em 3 dias, sem mais problemas. O cheiro é bem forte, mas suportável. E, no meu caso, funcionou! Uso diariamente, apenas no local das manchas e somente à noite. Nada de sair no sol, pois o efeito é reverso e vai criar uma macha pior.

2. Clearskin - redutor de marcas de acne, da Avon: loção que já se explica sozinha. A consistência é tão ralinha que duvidei no primeiro momento. Com ácido salicílico a 2,0%,  digo que ele é mantenedor da despigmentação dada pela Hidriquinona. Uso 3x/semana. No terceiro dia já notei uma mudança na textura da pele, que fica bem mais macia e uniforme. 

3. Clearskin Blemish Clearing - gel secativo de espinhas ação rápida, da Avon: O uso desses produtos que já mencionei não impedem o aparecimento de novas espinhas, apenas cuida das marcas deixadas por elas. E como elas sempre aparecem... Aplicando uma gota em cima a gente já sente uma leve repuxada, sabe? Como se tivesse secando mesmo. Uso sempre que surge uma nova e a maldita desinflama em 2 dias, além de não evoluir!

4. Soft Face gel - secativo antiacne, de O Boticário: Promete a mesma função do Blemish, da Avon, mas confesso que não gostei tanto. Comprei mais pelo meu jeito desesperado de usar tudo junto ao mesmo tempo de uma vez. Mas ele ficou mio de lado, nem posso opinar direito. Alternei e não dá pra garantir a eficácia, mas fica aí a dica por ser bem baratinho e com a mesma proposta do anterior. 

5. Visage Tônico Adstringente - controle de brilho, de Nívea: Já falei nesse post que ele é o meu baratinho favorito da vida. Limpa a pele como pouquíssimos! Depois do banho, pra dar aquele último confere nas células mortas, impurezas.. Uso muito e diariamente!

6. Bepantol Baby, da Bayer: Usando tudo isso, a pele fica mega ressecada. Estes produtos que citei são altamente abrasivos, uso o Bepantol pra dar uma acalmada mesmo. Ele dispensa mais explicações, né. Uso 1x/semana durante o dia, quando não tô usando nenhuma dos outros produtos, após lavar o rosto. 

7. Anthelios Airlicium - protetor solar 30fps - gel-creme toque limpo com água termal, de La Roche-Posay: aquilo que não pode faltar, faça chuva ou faça sol. Garanto que os benefícios são bem maiores que o nome. hahaha perfeito! Uso diariamente, pela manhã. 


Essa é minha pele depois de 1 mês. Na semana 2 a diferença não era visível, por isso omiti a foto. Estou mega satisfeita com esses cuidados, agora é manter a rotina e não descuidar. Estou motivada!


Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário