que não nos falte amor
nunca
nunca.

In Filmes

chico - artista brasileiro

Hey, amigos!

Ontem, fui ver CHICO - ARTISTA BRASILEIRO! Finalmente... Porque está em cartaz desde 26/11/15.


Não sei é muito honesto fazer resenha dos nossos escritores/músicos favoritos, porque até quando é ruim, é bom. Então, esse post é só pra contar o quanto vale a pena ir assistir o doc Chico - Artista Brasileiro. Sim, gente, é um doc, numa produção completona. Começa contando (muito) sobre a vida de Chico, que é super reservado. Mostra trechos da infância, de quando começou o cantar e se consagrar com "A Banda", aos 22 anos. A partir disso, o filme ganha corpo com interpretações emocionantes, tanto dele, quanto de várias pessoas incríveis. Além do próprio Chico dialogando com a câmera, de dentro da sua casa, existem diversos depoimentos, de amigos, parceiros, gente da família (a irmã, Miúcha, os netos...). De como os pais o influenciou, como era a relação deles, é muito legal. 



Houve uma preocupação muito grande com o contexto histórico, como era criar em tempos de Ditadura Militar, e de como isso moldou, de certa forma, as criações dele. O quanto se considera muito mais um escritor do que músico/compositor. Aquela coisa de que "mesmo quando não estamos escrevendo, estamos escrevendo por dentro". Além disso, faz referências ao irmão alemão, nascido por volta de 1920 (e que já morreu), o qual Chico nunca conheceu pessoalmente, mas que de um jeito ou de outro, soube-se depois, conheceu seu irmão brasileiro. Trechos de O Irmão Alemão, livro escrito por Chico narrando a busca por esse ente querido,  são apresentados na voz da querida e eterna Marília Pêra.


Sem contar que tem muitas historinhas, piadas internas, confissões. De como é difícil tá no palco, fazendo parte de todo esquema midiático, de não poder ser quem você é de fato o tempo inteiro... É um doc muito cuidadoso, muito bem feito. Sentir mais amor, ao sair, é impossível. Não dá pra amar mais esse homem. A vontade que tive foi de pegá-lo pra guardar, daí ficar olhando. Apenas olhando, por horas e horas, porque é inacreditável que exista alguém assim. 
    



Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilha comigo o que você achou desse post. É muito bom ter você por aqui! ❤